Google+ */?>
  • Artigos
  • Motivação
8 características de pessoas chatas. Tens alguma?

8 características de pessoas chatas. Tens alguma?

24 de Julho de 2014

  • Todos temos um certo desapego pelo tédio. É algo que geralmente não se gosta, por um lado, de ter e por outro, de causar aos outros.

    Assim sendo, nada mais útil que uma lista de coisas a evitar, para que não sejamos uma fonte de tédio para os outros e também para que nos consigamos desviar do mesmo.

    1- Escutar e falar?

    Normalmente as pessoas chatas têm conversas desequilibradas. Para estas pessoas, parece não existir aquele ritmo normal do tempo de ouvir e falar. Como noutras coisas na vida, na conversa é preciso dar e receber. Saber escutar para saber falar.

    2- Fazer rir?

    As pessoas aborrecidas não sabem, nem conseguem fazer alguém rir ou sorrir. O humor na conversação é tido como um sinal de flexibilidade cognitiva. Às vezes, o uso simples do humor numa conversa ou numa negociação, faz com que a outra pessoa fique emocionalmente mais próxima de nós e consequentemente mais recetiva, em relação ao que estamos a dizer.

    3- Quebrar a rotina?

    Outra característica de pessoas chatas ou aborrecidas é o ‘fazerem sempre as mesmas coisas’. As pessoas aborrecidas são sedentárias e por consequência, quando saem com os amigos para beber um copo, as conversas serão sempre as mesmas. Há que quebrar a rotina, ir a sítios diferentes, fazer coisas diferentes. Verás que as conversas de sexta à noite com os amigos já terão mais conteúdo.

    4- Ter opinião?

    As pessoas chatas não têm opinião sobre nada. Aquela pessoa a quem perguntas algo e que sempre responde ‘Sim, talvez seja. Deve ser. Acho que sim. Se tu o dizes..’, geralmente é uma pessoa aborrecida. Não podemos saber de tudo, mas não ter opinião sobre nada, é aborrecido.

    5- Contar histórias?

    Sabes contar uma boa história? Para conseguir ser interessante, é importante saber como contar uma boa história e interessar-se pela mesma. É igualmente importante, que solicitemos histórias a outras pessoas e nos mostremos interessados por essas também.

    6- Perspectiva do outro?

    Consegues ver as coisas da perspetiva de outra pessoa? Geralmente os chatos recusam-se a tentar ver um mesmo assunto, de outra perspetiva que não seja aquela que conhecem. A inteligência emocional assume aqui um papel importante, na medida em que, a capacidade de nos colocarmos na posição de outra pessoa, fará de nós um parceiro de conversa mais interessante.

    7- Acrescentar algo?

    As pessoas chatas geralmente não acrescentam nada de novo. Está provado que o nosso cérebro está programado para a busca permanente de novidades. Se estamos a ter uma conversa com alguém, que nada de novo tem a acrescentar, não iremos ser estimulados. Está mais que visto, que uma pessoa interessante, é aquela com a qual podemos aprender algo de novo. Caso contrário, de que serve conversar?

    8- Capacidade inclusiva?

    A malta chata não gosta de incluir os outros na conversa. Demonstram incapacidade em trazer outras pessoas para a conversa, assim como, quando notam que alguém que esteja no círculo da conversa, se sente deixado de fora, não fazem nada para tentar trazer essa pessoa de novo para o debate.

  • Artigos Relacionados