Google+ */?>
  • Artigos
  • Carreira
Como criar um currículo original e criativo

Como criar um currículo original e criativo

9 de Novembro de 2015

  • O que colocar no currículo? Aqui encontras as regras fundamentais para a criação do teu cv e também locais onde podes criar um currículo original e criativo.

    Vem sendo normal que amigos ou conhecidos me peçam a opinião sobre como fazer o cv, qual a estrutura e o que o mesmo deve incluir.

    Em primeiro lugar é preciso ter em mente que o nosso cv nunca é um projeto fechado, não só pelo tempo que vai passando, mas também devido ao objetivo, emprego, ou empresa ao qual o mesmo será destinado.

    Devemos ter a noção que pode ser importante editar o nosso currículo, tendo em conta o tipo de empresa ou o tipo de cargo ao qual nos estamos a candidatar.

    Por exemplo, muitas vezes colocamos a experiência profissional que tivemos de forma breve na nossa carreira e que nada tem a ver com a função atual à qual nos candidatamos. Pode ser importante colocarmos outras coisas que tenhamos feito na vida (porque podem dar informação indireta sobre a nossa personalidade ou soft skills), mas de uma forma mais resumida, por exemplo, numa secção, ‘outras funções desempenhadas’, ao invés de enumerarmos linha por linha todas as funções que já desempenhamos na vida profissional.

    Isto também porque o cv quer-se curto (uma página, sim!), apelativo e que possa ser lido e percebido de forma rápida pelo recrutador.

    Lembra-te que o currículo é como se fosse o storytelling da tua carreira e não um obituário da mesma. Tenta evitar os formatos antigos e aborrecidos (por favor não uses o formato de Cv Europass a menos que to peçam especificamente) que listam tarefas genéricas e descrições de funções. Tenta focar-te em resultados, conquistas e coisas importantes realizadas. Demonstra sempre valor!

    Uma das formas de dar a volta a esta questão é precisamente procurar apresentar palavras-chave através de conquistas quantificáveis e sucessos alcançados. Na entrevista poderemos justificar de forma mais completa todas estas características e soft skills.

    Por exemplo no top dos termos a incluir nos currículos estão os verbos de ação, porque através deles estamos precisamente a mostrar os tais sucessos alcançados que por si só já mostram as nossas características, sem termos de falar diretamente nelas.

    Podes encontrar outros artigos sobre currículos na secção de artigos do manda-te.

    Assim sendo, caso queiras optar pela construção de um cv online, existem muitas opções válidas e gratuitas, mas desta vez enumeramos opções que têm formatos originais e criativos, que podem trazer alguma diferenciação à forma como te apresentas ao mercado de trabalho:

    • Canva – Este site é famoso por permitir a criação gratuita de vários tipo de documentos, desde infografias até currículos. Depois de acederes ao site clica na parte superior direita onde diz ‘more’. Na página que abrir, podes encontrar na secção ‘documents’ a opção ‘résumé’ e nela poderás criar o teu cv
    • VisualCv – Neste site podes fazer o login diretamente com a tua conta do linkedin, e assim conseguir um pré-preenchimento dos campos do cv. Aqui são encontradas versões gratuitas e a pagar, sendo claro, que existem mais opções pagas.
    • Visualize.me – Conhecido mais pela possibilidade de fazer criações visuais e infografias, o visualize.me também te dá a opção de construir um cv. Claro que aqui o formato é mais ‘visual’.
    • Kinzaa – um pouco à imagem dos anteriores, aqui também podes criar um cv com uma base mais visual. A customização possível torna os cv’s mais originais, sendo uma bela forma de te diferenciares na montanha de outros candidatos. Experimenta!

    Em suma, o bom senso deve imperar na altura de decidirmos como construir o cv. Como se costuma dizer o conteúdo é rei, mas o contexto é deus. Adapta sempre o conteúdo à realidade ou ao contexto a que se destina.

     

     

  • Artigos Relacionados