Google+ */?>
  • Artigos
  • Motivação
Viciado no telemóvel? 4 truques que te podem ajudar

Viciado no telemóvel? 4 truques que te podem ajudar

7 de Setembro de 2015

  • Já tentaste medir o tempo que passas por dia a olhar para o telemóvel? Será que o tempo passado é-te realmente útil? Há formas de conseguir reduzir o tempo que gastamos com o telemóvel.

    Não é novidade para ninguém que nos dias de hoje as pessoas estão a ficar cada vez mais viciadas nos seus smartphones. Não é também segredo que este vício, está a mudar a forma como nos relacionamos socialmente, já que muitas das vezes acabamos por desvalorizar a presença física de alguém, quando estamos com os olhos colados no telemóvel.

    A possibilidade de termos as várias redes sociais disponíveis na palma da nossa mão, faz-nos passar mais tempo ao telemóvel do que gostaríamos. Num recente estudo no Reino Unido, cerca de 60% dos inquiridos acharam que deviam diminuir o tempo passado a usar o smartphone, e que de certa forma, essa quantidade excessiva de tempo gasto os prejudicava.

    De facto, diversos estudos levados a cabo por psicólogos, dizem-nos que o uso excessivo dos smartphones e das redes sociais, está a causar uma mudança no paradigma das relações sociais, havendo uma deterioração das nossas capacidades de relacionamento. Há já quem diga que em relação aos mais jovens, que esta é uma geração que não fala, que apenas tecla.

    Basicamente, quanto mais usarmos o telemóvel, mais hipóteses temos de ficar viciados e no shot de dopamina que recebemos quando desbloqueamos o ecrã e respondemos a uma notificação. Para além dos efeitos da ansiedade, e das questões de relacionamento interpessoal acima descritos, há também  consequências a nível mais físico, decorrentes de más posturas, como sejam as dores de pescoço, coluna, etc.

    Existem algumas formas de conseguirmos minimizar o tempo que passamos ao telemóvel, ou pelo menos tentar minimizar a ansiedade de ter de verificar tantas vezes o que passa no nosso e-mail, redes sociais, etc:

    1- Descobre quanto tempo usas o telemóvel por dia.
    Existem apps que servem especificamente para este propósito. Para android existe a app chamada ‘Quality time’ e para IOS a app ‘Moment’.

    Estas apps contam o tempo em que estás a usar o telemóvel, as vezes que desbloqueias o écran, quais as apps que usas mais tempo, entre outras coisas. Até te dá a hipótese de criares alertas em relação ao tempo usado, assim como criares pausas pré-definidas, de determinadas apps ou do telemóvel no geral.

    2- Desliga as notificações automáticas
    Uma notificação nunca é só uma notificação. Se pensarmos bem, o simples facto de desbloquearmos o ecrã para atender à notificação em específico, na maior parte das vezes significa que, vamos aproveitar esta boleia para ficar a ver outras coisas no telemóvel.

    Por isso, o melhor será escolher nas opções quais as apps que queremos que nos notifiquem quando existe algo de novo, ou mesmo podemos decidir ativar a opção que desliga todas as notificações.

    Uma forma de evitar esta situação é igualmente desligar o som do telemóvel durante um certo período de tempo, para que não sintamos a vontade de lhe mexer sempre que vibre ou toque.

    3- Define períodos durante o dia em que não usas o telemóvel
    Há diversos momentos do nosso dia em que basicamente, ou não precisamos do telemóvel, ou para além de não precisarmos dele, ainda nos pode atrapalhar.

    Quando estamos no nosso período de refeições, quando lemos um livro ou vemos um filme e principalmente quando estamos na casa de banho!

    Se nos habituarmos a definir estes períodos como sendo ‘sem telemóvel’, será mais fácil evitar a ansiedade de querer verificar o telemóvel, apenas por verificar. Para não dizer que ficaremos mais atentos e disponíveis para as coisas que estamos a fazer, ou para as pessoas com quem estamos.

    4-  Não leves o telemóvel para a cama à noite
    Ou ainda melhor, deixa-o fora do quarto, quando vais dormir.

    Isto vai fazer com que não uses o telemóvel como despertador. O que é ótimo! Como já aqui falamos noutros artigos, o simples facto de usarmos o telemóvel antes de tentar adormecer, contribui exatamente para não dormir bem.

    Usar o telemóvel antes de dormir não só torna mais difícil adormecer, como afeta também o quão sonolento e alerta vamos estar no dia seguinte, porque afecta os nossos níveis de melatonina.

    Por outro lado, se usarmos o telemóvel como despertador, a primeira coisa que faremos de manhã quando desligarmos o mesmo, é ficar mais uns minutinhos nas outras apps do aparelho. É verdade, não é?

  • Artigos Relacionados