Google+ */?>
  • Artigos
  • Carreira
Emprego: Foste rejeitado? 10 maneiras de lidar com isso

Emprego: Foste rejeitado? 10 maneiras de lidar com isso

11 de Abril de 2014

Tendo em conta a crescente competitividade do mercado de trabalho, mesmo com o aparecimento de novas áreas, as rejeições de trabalho são comuns.

Cada vez mais o talento, competências técnicas e softskills são fulcrais para sobreviver neste mercado feroz, mas também a resiliência para lidar com situações menos positivas e conseguir seguir em frente.

Assim sendo, quando não conseguimos um emprego mesmo depois de termos enviado a candidatura e passado algumas fases no recrutamento, temos de saber lidar com isso.

Aqui ficam dez dicas para o conseguir:

1. Atravessa as fases do luto

Perder um potencial emprego é um processo difícil. Criamos expectativas de futuro durante o processo de recrutamento que de repente caem por terra. O melhor será não ignorar o sentimento de rejeição se for sentido. Atravessa as famosas fases de luto: a negação, a raiva, a depressão e aceitação e a seguir faz algo que te dê prazer!

2. Pensa no que possa ter corrido menos bem

Se olhares para o teu processo de candidatura e perceberes que algo correu menos bem na entrevista, ou se cometeste um erro imperdoável no currículo, será mais fácil aceitares a rejeição. Aproveita essa avaliação para arranjares soluções e ações de melhoria para a próxima candidatura.

3. Pede feedback

Mesmo se achas que sabes o que correu menos bem, vale sempre a pena pedir algum feedback. No melhor cenário: recebes críticas construtivas e importantes para melhorar no futuro. Pior cenário: o recrutador dizer-te que tinhas a roupa interior a sair das calças e não conseguiu concentrar-se noutra coisa.

4. Segue em frente!

Procura outras oportunidades. Quando somos rejeitados é normal pensar que tão cedo não teremos outra oportunidade. O certo é que não sabemos! Temos é que procurar, pesquisar empresas que partilhem os nossos valores. Há sempre novas oportunidades a surgirem, temos é que estar preparados para as mesmas e não pensar que nos vão bater à porta sem fazermos nada.

5. Enviar candidaturas!

Pode ser um trabalho chato, mas se queremos voltar ao mercado de trabalho temos de nos envolver com o mesmo. O linkedin pode ser uma ferramenta interessante nisto, pois oferece oportunidades de contatos que podem ser utéis para novas oportunidades.

6. Estagia!

Se estás no início da tua carreira, considera obter mais experiência através de estágios. Há estágios pagos e não pagos, em todo o caso é inegável que são uma ferramenta que aumentam muito a empregabilidade de um jovem em início de carreira. Ganha-se experiência e consegue dar-se a conhecer a uma ou mais organizações. Na maior parte das vezes a personalidade das pessoas é um fator determinante na escolha para uma contratação. Se já nos conhecem e se partilham os nossos valores é menos um obstáculo para conseguir uma contratação.

7. Tenta arranjar um emprego numa área relacionada

No início da carreira por vezes é difícil encontrar a oportunidade na área específica na qual nos especializamos. Por um lado, porque nos falta a experiência e por outro o conhecimento do mercado, empresas e oportunidades. Se nos mantivermos em empregos relacionados, ganhamos um know-how técnico, e estamos igualmente próximos e à espreita de oportunidades na área que queremos. E é sempre uma forma de ir conseguindo um dinheiro!

8 . Não te deixes definir pela tua carreira

A tua carreira não é tudo. Claro que depois de teres estudado 4 anos ou mais para determinada carreira, não é fácil sentir que as oportunidades não aparecem. Mas, há mais vida para além da tua carreira. Principalmente no início não te deixes definir por ela, nem deixes que a mesma afete o teu humor ou bem-estar.

9 . Lembra-te que o tempo está do teu lado

Não queiras tudo para ontem. Podes estudar histórias de pessoas bem sucedidas e verás que há muitas em que sucesso não chegou no início das suas carreiras, nem nas primeiras oportunidades. Winston Churchill tornou-se primeiro-ministro aos 62 anos. Os quadros de Andy Warhol foram recusados pelo Museu de Arte moderna. Tens tempo e oportunidades de sobra. Lembra-te que o sucesso não vem de um dia para o outro.

10. Pensa no lado positivo das coisas

Daqui por uns tempos vais olhar para trás e vais perceber que todas as experiências que tiveste (mesmo sendo mal sucedidas) vão ser úteis para construir o teu carácter e trazer-te algo novo.

Não vale a pena estar preocupado com as coisas do passado que não conseguimos controlar. Antes usar as que podemos controlar para melhorar o nosso futuro.

  • Artigos Relacionados