Google+ */?>
  • Artigos
  • Liderança
  • Motivação
2 formas simples para ser mais respeitado

2 formas simples para ser mais respeitado

12 de Novembro de 2019

Pensamento – Discurso – Comportamento. Achas-te uma pessoa congruente?

Será que na maior parte das vezes dizes aquilo que pensas quando és questionado sobre algo?

E em relação às tuas ações? Os teus actos normalmente acompanham aquele que é o teu discurso, ou seja, cumpres ou fazes aquilo que dizes?

Se pensarmos bem, as pessoas mais felizes e mais bem sucedidas são (geralmente) congruentes. E passo a explicar. São congruentes na forma como pensam, falam e agem. Ou seja, o discurso está alinhado com aquilo que pensam, e as ações estão alinhadas com o seu discurso.

Quem tem a capacidade de dizer aquilo que realmente pensa, tem mais probabilidade de se sentir bem consigo mesmo, porque não está a ir contra as suas estruturas mentais ou emocionais. Eu gosto de pensar nestes dois elementos, o pensar e o falar, como fazendo parte de uma dimensão individual, pois nós somos os únicos que sabemos aquilo que pensamos, ninguém mais sabe, e somos os únicos que podemos confirmar se efetivamente o nosso discurso, condiz com o nosso pensamento.

Agora quando passamos para ação, para os atos, a história já é diferente. Já saímos da dimensão individual, pois vamos receber o feedback daqueles que nos rodeiam, certo?

Quando os nossos atos não estão alinhados com aquele que é o nosso discurso, e se o fazemos repetidamente, estamos a dizer às pessoas à nossa volta que não somos congruentes e que somos alguém em quem não se pode contar.

Assim sendo, em forma de conclusão, vamos tentar o máximo por pautar o nosso comportamento por esta congruência, ou seja:

Diz aquilo que pensas, e faz aquilo que dizes.

É uma forma simples de nos sentirmos mais inteiros para nós e para os outros.

  • Artigos Relacionados