Google+ */?>
  • Artigos
  • Motivação
Como ser feliz num trabalho que não gostas? Vê aqui como

Como ser feliz num trabalho que não gostas? Vê aqui como

14 de Agosto de 2013

Para a maioria das pessoas, o trabalhar é uma necessidade. Até que possamos descobrir ou criar a oportunidade que nos permite trabalhar naquilo que é a nossa paixão, podemos ‘estar’ num trabalho que é apenas, bem … um emprego.

Há quem consiga encarar o horário de trabalho como sendo apenas uma parte do seu dia, e que as suas vidas não se resumem a isso. No entanto o trabalho acaba por ocupar a maior parte da atividade do nosso dia, tendo uma importância extrema na forma como vemos e levamos a nossa vida. Isto porque a partir do momento em que exista uma grande distância entre aquilo que gostamos e aquilo que fazemos, o nosso dia de trabalho transforma-se num fardo pesado de carregar.

Então, como conseguir ser feliz (ou menos infeliz) num emprego que não se gosta? Algumas sugestões a ter em conta:

1. Deixa-te ficar fora do drama e não faças parte do grupo de pessoas que só falam mal. Existem pessoas que ‘falam mal’ de tudo gratuitamente. Não te deixes levar pela corrente do mal dizer. Valorizar aquilo que se tem, em vez de sobrevalorizar o que não se tem, e principalmente não ‘cuspir no prato que se come’.

2. Inicia um novo projeto numa competência que tenhas ou em algo que gostes, mesmo que daí não advenha inicialmente qualquer contrapartida financeira.

3. Faz amigo(s) no trabalho. Vários estudos demonstram que as pessoas que têm amigos no trabalho têm uma maior taxa de satisfação no mesmo.

4. Aprende algo novo. Lê mais, seja livros, artigos, etc. Tenta encontrar uma forma de sair da rotina e poderás encontrar algo inspirador. Já sabes, ‘se tu não mudares, nada mudará’.

5. Continua a trabalhar a tua paixão. Quer se trate de cinco horas ou cinco minutos, tenta encontrar uma maneira de incluir aquilo que mais gostas na tua rotina.

6. Arranja uma vida para além do trabalho. Se entregas tudo o que és apenas no trabalho, que ainda por cima não é o mais satisfatório, arranja outras atividades pós laborais de forma a criar um  maior e melhor equilíbrio.

Em suma: Não tens de te sentir miserável mesmo estando num trabalho miserável. És tu quem tem o poder de escolher como dominar as variáveis que te rodeiam. Assume a responsabilidade por criar a tua própria felicidade no trabalho.

  • Artigos Relacionados