Google+ */?>
  • Artigos
  • Carreira
Entrevista? Manda-te sem medos – Guia

Entrevista? Manda-te sem medos – Guia

26 de Abril de 2013

Uma entrevista de trabalho é um purgatório para muitos. Principalmente pela errada sobrevalorização que os candidatos atribuem àquilo que pensam que têm a perder, ao invés de colocar o foco e a sua energia naquilo que têm a ganhar.

1- Vai preparado e estuda a empresa para a qual te candidatas.
Uma entrevista é sempre um processo bi-lateral, em que o entrevistador está a recolher informação e a avaliar o candidato, mas também o oposto. Mostra que conheces bem a empresa para a qual te candidatas e faz questões relacionadas com a atividade da mesma. Do género:
– “Tenho assistido a um desenvolvimento de x produto da v/ empresa. até onde pretendem ir com ele? quais os mercados a atingir?”
– “É de notar que esta empresa demonstra grande preocupação com os seus colaboradores, através daquela iniciativa x que mereceu destaque nos media! Irão continuar com iniciativas deste género?
– “Visitei o v/ website e pude reparar que a v/ empresa está dispersa por vários locais a nível nacional e internacional. Têm novos países em mente?

Não convém porém interromper o entrevistador na sua linha de entrevista,  antes tentar encaixar estas perguntas no contexto em que o entrevistador te pergunta acerca do teu conhecimento da empresa.

 2- Não há segundas oportunidades para causar uma primeira impressão
Por isso, existe um conjunto de qualidades que deves tentar passar no decorrer da entrevista.
Demonstra entusiasmo por ali estar. Entusiasmo por poderes ter uma oportunidade de dar o teu contributo para o sucesso da empresa.
Demonstra Paixão por aquilo que faz, pois só quando estamos apaixonados pelo que fazemos é que somos realmente bons nisso.
Sê ‘humilde com garra’. Para além de toda a experiência que possamos ter, o melhor pensamento a ter é que podemos ser sempre melhores, e por isso a entrada para uma nova empresa é isso mesmo. Uma oportunidade de melhorarmos ainda mais as nossas competência no novo contexto de trabalho.
Sê congruente – Mantenha-se fiel aos seus princípios e à verdade e não tente ser algo ou alguém que não é. Se o fizer mais tarde ou mais cedo no decorrer da entrevista o feitiço vira-se contra o feiticeiro e o entrevistador através das suas questões poderá assim encostá-lo à parede. Posto isto, se algum defeito teu for questionado, não o renegues à partida, antes afirma a tua vontade de melhorar e como o vais fazer.

3- Nada de desculpas
Mantem-te coerente nas análises que te são pedidas acerca de coisas menos positivas do teu passado. Sê conciso na forma de as analisar, sendo ainda mais conciso no colocar do foco na forma como ultrapassaste ou pretendes ultrapassar tais questões.

4-Auto-confiança
A auto-confiança é das qualidades mais teorizadas no que toca à sua presença nas entrevistas de trabalho. Ser autoconfiante sem ser arrogante nunca fez mal a ninguém, e é a melhor opção numa entrevista de trabalho. Temos de nos lembrar sempre que a entrevista é um processo bi-lateral, ou seja, tu procuras o emprego, mas a empresa também procura o melhor candidato. Esta dualidade muitas vezes é distorcida para uma visão na qual apenas a empresa é que detém unicamente o poder. Desengana-te. Se estás naquela entrevista é porque a empresa precisa do teu talento e da tuas competências e por isso valoriza-as nesse contexto e equilibra a balança do ‘poder’ na entrevista.

5-Apresenta-te a horas e com boa imagem
Um dos fatores que determina e transmite o sentido de responsabilidade é a forma como respeitamos os horários de quem está a fazer uma serie de entrevistas, nunca fazendo o entrevistador esperar. Aqui não há desculpas, se não sabes onde fica o local da entrevista, vai até lá no dia anterior. Revê o tempo de viagem, estacionamentos e tudo o que possa ditar um atraso da tua parte. Uma boa imagem vai ajudar na primeira impressão que deixas ao entrevistador . Tem em consideração o tipo de empresa que é, no sentido de saber qual o melhor tipo de roupa a apresentar. Não convém ir demasiado ‘ relaxado’, como não será aconselhável ir vestido para ‘um casamento’.

6-Antes do final da entrevista tira todas as suas dúvidas
É usual que o entrevistador te faça essa pergunte no final da entrevista, usa-a! Tira dúvidas respeitantes ao salário, ao horário, ao contrato, ao tipo de estratégia de crescimento que a empresa tem para a tua função e em que medida o teu papel pode ser importante para tal. Tenta saber mais sobre a cultura da empresa, hábitos, regalias, relações entre colaboradores, se existe muita necessidade de trabalho extra, etc.

Conforme foi dito a entrevista é um processo de troca de informação bi-lateral. Não vale a pena rebaixar-se nesta relação, pois uma boa empresa não procura candidatos com baixa auto-estima e sem iniciativa. Tenta pensar que não tens nada a perder. E a verdade é que não tens! Se estás desempregado e se a entrevista correr-te bem ganhas um emprego. Se estás a tentar mudar de emprego o máximo que te pode acontecer é voltar para o teu emprego.

Por isso pensa nesta frase: Se podes fazer algo em relação a isso, porque estás preocupado? Se não podes fazer algo em relação a isso, porque estás preocupado?

Manda-te!

 

  • Artigos Relacionados