Google+ */?>
  • Notícias
  • Sociedade
Suíça: alterações no sistema de pensões no qual homens ganham quase o dobro

Suíça: alterações no sistema de pensões no qual homens ganham quase o dobro

11 de Janeiro de 2020

Devido à estrutura do sistema de pensões da Suíça, as mulheres pensionistas na Suíça recebem, em média, cerca de menos 40% do que os homens recebem. Pode isto mudar em breve?

As pensões suíças das mulheres são cerca de 40% mais baixas que as dos homens, principalmente porque as mulheres tiram um tempo do trabalho para criar seus filhos.

Já em Junho do ano passado, houve um dia de greve geral das mulheres, numa chamada de atenção às desigualdades existentes, também no que toca aos salários, onde em média as mulheres ganham menos 20% que os homens.

O Conselho Federal desenvolveu um conjunto de reformas que foi submetido à análise de sindicatos e empregadores para, numa tentativa de se promover uma mudança nesta área.

As pensões na Suíça não são uniformes, mas são pagas com base no setor em que a pessoa trabalhou.

Em números de 2017, os mais recentes que estão disponíveis, as pensões médias do BV eram CHF2301 para homens e CHF1221 para mulheres.

Essas mulheres estão entre as melhores para as aposentadas. O Conselho Federal também estima que um terço das mulheres não recebe pensão.

As mulheres que não recebem uma pensão devem sobreviver com benefícios suplementares ou dependerão de um parceiro que seja beneficiário de um plano de pensão de maior salário.

Com estas reformas aumentariam as pensões entre CHF100 e 200 por mês, além de reduzir a dedução obrigatória paga pelos funcionários atualmente trabalhando – permitindo que eles levassem para casa uma parcela maior de seus salários.

Há também um aumento previsto nos benefícios suplementares.

A idade da reforma para as mulheres na Suíça é de 64 e é de 65 para os homens, embora ambos devam ser fixados em 65 durante este ano, após uma consulta pública.

  • Artigos Relacionados