Google+ */?>
  • Empregos
Concurso aberto para 30 Vigilantes da Natureza por todo o país

Concurso aberto para 30 Vigilantes da Natureza por todo o país

8 de Novembro de 2017

Estão disponíveis 30 vagas para vigilante da natureza, tendo o concurso (aberto a pessoas com e sem vínculo à função pública) sido divulgado a 3 de novembro através do Aviso n.º 13241-A/2017 preparado e feito publicar em Diário da República pelos ministérios do Ambiente e Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P.

 

As vagas referem-se a 30 postos de trabalho da carreira de Vigilante da Natureza, previsto no mapa de pessoal para 2017 do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P.

O concurso está aberto por 10 dias úteis a contar da data da publicitação do aviso, ou seja, até 17 de novembro.

O aviso indica o seguinte: “Os vigilantes da natureza asseguram, nas respetivas áreas de atuação do serviço, funções de vigilância, fiscalização e monitorização relativas ao ambiente e recursos naturais, nomeadamente no âmbito do domínio hídrico, do património natural e da conservação da natureza, competindo -lhes especialmente as ações definidas no n.º 2 do artigo 2.º do Decreto-Lei n.º 470/99, de 6 de novembro.”

 

Quem pode concorrer:

O concurso está aberto a trabalhadores com contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, por tempo determinado ou determinável ou sem constituição prévia de relação jurídica de emprego público.

Os candidatos terão de cumprir cumulativamente com as seguintes condições:

a) Ter nacionalidade portuguesa, salvo nos casos excetuados por lei especial ou convenção internacional;

b) Ter 18 anos completos;

c) Possuir as habilitações literárias e profissionais legalmente exigidas para o desempenho do cargo;

d) Não estar inibido do exercício de funções públicas ou interdito para o exercício das funções a que se candidata;

e) Possuir a robustez física e o perfil psíquico indispensáveis ao exercício da função e ter cumprido as leis de vacinação obrigatória.

f) Possuir adequado curso tecnológico do ensino secundário ou equivalente, 12.º ano ou grau académico superior;

g) Possuir carta de condução;

h) Ter menos de 30 anos à data em que termine o prazo para a apresentação das candidaturas.

Qual será a remuneração?

A remuneração deverá contar com três componentes remuneratórias:

  • salário base de €641,94
  • suplemento de risco de €93,99
  • subsídio de refeição de €4,77/dia útil

Ou seja, cerca de €840 antes de contribuições e impostos, por mês. Esta é a posição de arranque como estagiário. A progressão na carreira-se far-se-á consoante o estabelecido na administração pública.

Para saberes como concorrer, lê o  Aviso n.º 13241-A/2017 disponível em baixo.

  • Candidatar-se a este emprego
  • Artigos Relacionados