Google+ */?>
  • Empregos
  • Notícias
  • Sociedade
Suíça: desemprego em Genebra está mais alto que na vizinha França

Suíça: desemprego em Genebra está mais alto que na vizinha França

8 de Janeiro de 2020

Em dezembro do ano passado, o Observatoire Statistique Transfrontalier publicou números de desemprego na região francesa de Genebra.

 

Os cálculos do desemprego na França são feitos a partir do método usado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), que inclui todos os candidatos a emprego disponíveis – definição de desemprego da OIT e definição francesa de desemprego.

No entanto, os números oficiais da Suíça incluem apenas  as pessoas registadas como desempregados, uma percentagem mais baixa que exclui aqueles que estão disponíveis e procuram trabalho, mas já não estão registados. Grande parte da motivação para se registar no Centro de emprego na Suíça desaparece quando acaba o subsídio que a pessoa está a receber. (fenómeno assistido igualmente em Portugal)

Em 2018, a taxa de desemprego oficial de Genebra era de 4,1%. No entanto, sua taxa com base na definição da OIT foi de 11,8%. As taxas amplamente comparáveis ​​nos dois departamentos franceses que fazem fronteira com Genebra foram de 6,4% em Ain e 6,5% em Haute-Savoie, mais de 5 pontos percentuais a menos do que em Genebra.

Segundo o Tribune de Genève, entre 2013 e 2018, a taxa de desemprego calculada pela OIT em Genebra aumentou 1,7 pontos percentuais, de 10,1% para 11,8%. Ao mesmo tempo, na vizinha França, a taxa comparável caiu de 7,4% para 7,0%, um valor abaixo da taxa média da OIT de 8,4% na região metropolitana da França no quarto trimestre de 2018.

  • Artigos Relacionados