Google+ */?>
  • Artigos
  • Notícias
  • Sociedade
Em 2016: Quais são os setores que vão recrutar e pagar salários mais altos?

Em 2016: Quais são os setores que vão recrutar e pagar salários mais altos?

28 de Dezembro de 2015

De acordo com o estudo “Work Force + Pay 2016” levado a cabo pela Korn Ferry/Hay Group, estas são as conclusões que se podem retirar no que concerne ao aumento dos salários em Portugal e no mundo.

A primeira conclusão é que  73% das empresas portuguesas deverão recrutar, no próximo ano. Mas a maioria deverá contratar menos de dez pessoas. Os salários em Portugal vão crescer menos que a média europeia e mundial. No planeta espera-se um aumento de salário médio de 2,5%. O valor mais alto dos últimos três anos. As regiões da América Latina e a China serão as geografias com maior revalorização salarial. A Europa terá o aumento salarial médio mais baixo de todo o mundo. Estas são algumas das conclusões do estudo “Work Force + Pay 2016” lançado pela Korn Ferry/Hay Group.
Quanto a recrutamento, sete em cada dez empresas em Portugal esperam contratar. Mas a maioria deverá contratar menos de nove trabalhadores, revela o relatório. Os sectores da produção, vendas e engenharia são os que mais vão abrir mais novos lugares Os sectores financeiro e de recursos humanos terão os mais baixos níveis de recrutamento.

1. Quanto vão crescer os salários em Portugal? Prevê-se um aumento salarial médio em Portugal de 1,33% no próximo ano. O que fica abaixo do aumento registado este ano (1,5%). A evolução dos salários em Portugal fica, no entanto, muito abaixo da expectativa do resto do mundo onde se espera um aumento salarial médio de 2,5%, o valor mais alto dos últimos três anos. Por continente, os países da América Latina deverão ter o maior aumento com uma média de 11,4%, seguindo-se a Ásia com 6,5%.

2. Quais as funções com maior aumento de salário? São os directores de segunda linha, quadros superiores, gestores intermédios, técnicos qualificados, administrativos e operativos os que terão o maior aumento salarial (1,4%) . Já os directores de primeira linha que este ano foram os mais beneficiados deverão ter um aumento de apenas 1,1% em 2016. Mas baixa a percentagem de empresas que esperam aumentar os seus colaboradores para 73%, quando este ano o valor foi de 84%.

3. Quais os sectores que pagam salários mais elevados? A energia, surge em primeiro lugar na lista dos sectores mais bem pagos com um salário médio 21% acima média em Portugal. Segue-se a indústria automóvel com um remuneração média 16% acima. Os bens de consumo são o terceiro da lista, embora com um salário médio de 7% mais elevado.

4. Quais os sectores que pagam pior? A distribuição e o retalho são os sectores que pagam pior com um salário médio 15% abaixo da rendimento médio no mercado de trabalho português. Depois segue-se a construção com uma remuneração total 12% inferior à média nacional. Também o sector industrial tem uma remuneração 8% abaixo da média. O sector financeiro é a outra área de actividade com remuneração média abaixo da média em 2%.

5. Quanto ganha um licenciado? Em média, um licenciado ganha 13.225 euros por ano, o que representa uma quebra de 775 euros relativamente ao salário pago no ano anterior. Mas se contabilizarmos a evolução dos salários nos últimos três anos registou-se um crescimento de 5% no salário bruto.

6. Qual o vencimento de um mestre? Tirar o grau de mestre depois da licenciatura continuam a valer a pena. Em média quem tem o grau de mestre ganha mais dois mil euros que um licenciado. Mas, ao contrário, dos licenciados, em termos de evolução de salários, os mestres tiveram uma redução de 5% nos últimos três anos.

7. Quantas empresas vão recrutar e quantas pessoas em 2016? “Com o crescimento das exportações e da procura, as empresas procuram reforçar os seus quadros com colaboradores que asseguram as áreas produtivas”, esclarece Miguel Albuquerque, Head of Productized Services do Hay Group. Assim 73% das empresas querem contratar em 2016. Cerca de 28% dos gestores inquiridos estimam recrutar mais de 25 pessoas, embora 60% esperem recrutar no máximo nove pessoas.

8. Em que áreas haverá mais recrutamentos? Produção e vendas são as áreas onde deverão verificar-se mais contratações. Seguem-se a engenharia e os sectores administrativos e de suporte, marketing, IT e telecomunicações. Os recursos humanos e a área financeira deverão registar a menor percentagem de novos recrutamentos.

9. Quantas empresas apostam na remuneração variável? Cerca de 94% das empresas deverão apostar em políticas de remuneração variável. O seguro de saúde é o benefício mais comum. Seguem-se o subsídio de alimentação (78%) e o automóvel (74%). Apenas 45% das empresas atribuem dias de férias extra.

Fonte: economico.sapo.pt/

 

o

  • Artigos Relacionados