Google+ */?>
  • Artigos
  • Liderança
Como parar de perder tempo com pessoas tóxicas

Como parar de perder tempo com pessoas tóxicas

2 de Janeiro de 2014

  • O nosso comportamento é diretamente influenciado pelas pessoas que nos rodeiam. Nada de novo.

    Uma das coisas mais importantes que podemos controlar são os nossos relacionamentos: que tipo de pessoas permitimos na nossa vida, com quem vamos investir o nosso tempo, com quem compartilhamos ideias, etc.

    As pessoas ao nosso redor raramente têm um efeito neutro. Elas podem querer facilitar a nossa realização, ou minar os nossos valores. Em primeiro lugar há que afastar as pessoas que claramente vemos que nos sabotam.

    Não é fácil descobrirmos que um amigo, ou alguma pessoa que nos é próxima tenta interferir negativamente nos nossos valores, por isso, quanto mais rápido resolvermos a questão melhor.
    Quanto mais tempo passares com pessoas que são inúteis, desrespeitosas, invejosas, rancorosas, que sintas que são prejudiciais a ti, menos valor terá o teu tempo.
    Para além de gastarem o teu tempo de forma negativa, os sentimentos e emoções emanados destas pessoas conseguem igualmente bloquear ações e pensamentos das outras pessoas.
    Já diz o provérbio chinês, se dormires com um cão de rua, mesmo que seja só uma sesta, vais acordar com pulgas e vais levá-las contigo.

    As ideias, crenças e hábitos funcionam da mesma maneira. Mesmo que te relaciones ocasionalmente ou brevemente com alguém que é intelectual ou emocionalmente tóxico, ou alguém irresponsável ou incompetente é tempo suficiente para contrair pulgas.
    E, se devido a isso a tua criatividade ou desempenho são diminuídos, o teu tempo está perder o seu valor.

    As pessoas tóxicas não fazem isso necessariamente com má intenção. Todas elas podem ser pessoas boas, mas isso não significa que sejam boas para ti.
    Um delicioso bolo de chocolate não faz bem a um diabético. Na verdade, é um veneno.
    Associar-se a alguém que está sempre a oferecer-te um bolo, dizendo que basta comer um pequeno pedaço e está tudo bem, é totalmente suicida.

    Há muitas maneiras de uma pessoa ser tóxica e venenosa. Para alguns empresários os conflitos entre funcionários é considerado tóxico para a empresa, por exemplo.
    Também conhecemos à nossa volta, aquelas pessoas “ai, eu já tentei e não dá!”. Se só pudéssemos contar com essas, não teríamos eletricidade porque Edison desistia na primeira tentativa.
    Há também aquela ‘crítica construtiva’, que nos faz sempre sentir desajustados ou indignos, que vem disfarçada com a desculpa de “apenas me preocupo contigo!”.

    No entanto, se nos relacionarmos com pessoas construtivas, criativas, inspiradoras e encorajadoras conseguimos melhorar o nosso desempenho, tornando o nosso tempo mais valioso.
    Cada minuto do teu tempo é mais ou menos valioso devido à condição da tua mente, que por sua vez está constantemente a ser influenciada por fatores externos.

    Em suma, devemos reduzir deliberadamente a quantidade de tempo que damos a pessoas que não nos trazem qualquer contribuição positiva.
    Isso significa que devemos apenas estar rodeados por pessoas com quem estamos em completa sintonia?
    Claro que Não! Em boa verdade, essa é uma escolha perigosa.

    Precisamos é de aumentar deliberadamente a quantidade de tempo dirigido às escolhas das relações que fazemos, procurando amizades e relacionamentos construtivos.

  • Artigos Relacionados